Início Saúde Sorriso zera fila de espera pelo “teste da orelhinha”

Sorriso zera fila de espera pelo “teste da orelhinha”

0
Compartilhar

Com a aquisição do ambulatório de audiometria, a Secretaria de Saúde e Saneamento zerou nesta sexta-feira (26), a fila para o exame conhecido como “teste da orelhinha”. Os dados da secretaria apontam que no início de 2017, o número de recém nascidos que aguardavam para fazer o exame chegou a 412, no mês de março de 2018, a fila de espera ainda era de 204 bebês.

 “Com a aquisição desse ambulatório de audiometria e o empenho da equipe conseguimos zerar mais essa fila. Hoje não temos demanda para fazer o teste da orelhinha. Os bebês que nascerem não precisarão mais ficar aguardando meses para fazer o exame. A partir de agora o bebê, assim que nascer, já terá a data marcada o exame. Agradeço ao prefeito que nos proporcionou essa estrutura na saúde de Sorriso, que é uma das únicas no estado”, ressaltou o secretário de saúde Luís Fábio Marchioro.

 A realização do exame denominado Emissões Otoacústicas Evocadas, “teste da orelhinha” se tornou obrigatório através da Lei nº 12.303, em 2010, para avaliar a audição e detectar precocemente algum grau de surdez no bebê.

“ O objetivo do teste da orelhinha é identificar precocemente a ocorrência da perda auditiva, desta forma deve ser realizado nos primeiros dias de vida. Caso não tenha sido feito, é importante que seja realizado o mais breve possível, para que caso haja alguma alteração auditiva os encaminhamentos e intervenções adequadas possam ser realizados de forma precoce, favorecendo o desenvolvimento da linguagem da criança, por isso orienta-se que faça até o 6º mês”, explicou a  fonoaudióloga Tabi Cristina Nunes Winter.

Ainda segundo a fonoaudióloga, o ambulatório é uma  grande conquista para o município. “ Sorriso ter um ambulatório de audiometria próprio é um marco na saúde do município, pois são raros os municípios do interior que  dispõe desse ambulatório, a nível de Estado, acredito que no máximo três municípios tem o que temos hoje em Sorriso. Além de poder fazer os exames nas crianças, também podemos tratar os adultos”, disse.

DA ASSESSORIA/ADRIANO CARNEIRO
FOTOS: CLEITON IZIDÓRIO

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here