Início Editorias Polícia Sorriso: Pais adotivos são presos suspeitos de fazer sexo com filha desde...

Sorriso: Pais adotivos são presos suspeitos de fazer sexo com filha desde 6 anos

0
Compartilhar

O delegado de polícia de Sorriso Dr. Nilson Farias falou na tarde de hoje(15) sobre o ocorrido.

 “A menina começou apresentar comportamento diferente na escola e o conselho tutelar compareceu na delegacia e apresentou  a menina.  Nós fizemos entrevista com ela   e a principio ela negou a prática dos atos, porém nós sentimos ela estar muito acuada, muito pressionada,  mas mesmo assim ela negava a prática de qualquer ato.

Ela tinha um comportamento estranho, cortava os pulsos, coisas que já demonstrava que algo não ia bem. O conselho tutelar juntamente com os demais órgãos do município afastaram ela do convivo destes pais e ela foi viver com a tia biológica (auxiliada pelo pai biológico). Chegando lá ela compareceu na delegacia de policia local e disse que era verdade sim, que e realmente sofria violência.

No entanto durante nossa investigações o irmão do suspeito compareceu aqui e trouxe um elemento que já serviu de muita convicção pra nossa investigação, que quando ele era criança ele tinha aproximadamente 6 anos e até próximo da adolescência  esse irmão(suspeito) se utilizava a expressão de “banho de galinha” e fazia penetração no próprio irmão, porque ele era mais velho e se aproveitava da condição de menor e essa situação só parou quando esse irmão chegou numa idade em que começou a entender o que estava ocorrendo”, disse o delegado  de Sorriso.

Ainda segundo   o delegado Farias, esse irmão abusado até hoje tem muita raiva do autor e inclusive falou de forma bastante “irada” no momento da prisão: “até que em fim após 30 anos o irmão vai pagar pelo crime que praticou”. Porém o delegado informou que já se passou muitos anos do crime e já prescreveu contra o irmão, mas serviu para que a policia acreditasse da versão da menor.

Ainda segundo o delegado, após a adolescente(vitima) contar que era abusada,  além do pai adotivo, ela  trouxe outra personagem para a situação. “quando ela abre o que realmente de fato aconteceu, ela informa que a mãe participava dos atos libidinoso, ou seja, as vezes o pai praticava o ato sexual com essa menor de idade e a mãe se masturbava vendo os dois tendo relações. Em algumas das vezes tinha contato também, participava de uma relação a três”, relatou Farias.

O delegado disse  que foi feito campana na cidade de Ipiranga do Norte, onde reside o casal suspeito e assim que foi constatado que os mesmos estavam na casa foi  efetuado  a prisão destes.

Farias disse que os suspeitos negam o crime, porém os elementos são robustos e levam a polícia a crer na existência do crime.

A vítima tem 14 anos e  segundo ela o crime começou a ser cometido quando ela tinha aproximadamente 6 anos. “Então nós temos  8 anos de crime, fora o irmão dele que relatou a outra situação.”

Foi apreendido na casa celulares e um computador pois a menina informou que eles faziam vídeos durantes os abusos e que podem produzir provas contra eles.

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here