Início Geral Comissão do PETI se reúne para debater os projetos Aprendiz Legal Sorriso...

Comissão do PETI se reúne para debater os projetos Aprendiz Legal Sorriso e Mundo do Trabalho

0
Compartilhar

A comissão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI, através da secretaria de Assistência Social, se reuniram nesta semana para discutir sobre dois projetos importantes que levam os jovens ao mercado de trabalho – Aprendiz Legal Sorriso e Mundo do Trabalho.

A Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador é formada por representantes de oito secretarias municipais, além da equipe de referência do PETI e com o apoio do CREAS, CRAS, CMAS, CMDCA e Conselho Tutelar.

O debate teve como objetivo principal, debater a forma legal de inserir no mercado de trabalho, os jovens a partir de 14 anos, através dos projetos Aprendiz Legal Sorriso e Mundo do Trabalho.

A Assistência Social fica responsável em repassar informações destes jovens para empresas interessadas em contratá-los, bem como, oferecer capacitação para que eles entrem preparados no mercado de trabalho.

“Os jovens podem trabalhar legalmente na condição de aprendiz, com carteira assinada e meio salário por mês e para público em especial a Secretaria Municipal de Assistência Social também já vem desenvolvendo o projeto Aprendiz Legal Sorriso – Mundo do Trabalho, que prepara os adolescentes que frequentam os CRAS através de uma metodologia voltada para a imagem pessoal, perfil profissional, comportamento, disciplina, ética, moral, responsabilidade e compromisso, tudo para ajudar esses adolescentes a terem a oportunidade de participação nas seleções feitas pelas empresas”, explica a primeira dama.

A equipe da Assistência Social esteve reunida com a gerente executiva da CDL Sorriso, Eliane Tomasin, representante das secretarias de Governo e Desenvolvimento Econômico e equipe técnica da SEMAS, para juntos, mobilizar toda classe empresarial da indústria e do comércio de Sorriso, para que possam ser oferecidas mais vagas destinadas a estes menores que querem ingressar no seu primeiro emprego.

“Estamos oferecendo todo apoio, tanto para os empresários, como para o menor que deseja ingressar no seu primeiro emprego e menor aprendiz. Iremos intensificar ações de conscientização e mobilização da sociedade sobre o que é trabalho infantil, e também aquelas atividades que não são trabalho infantil, como por exemplo, ajudar nas tarefas do dia-a-dia do lar”, finaliza Jucélia.

DA ASSESSORIA/AMÁLIA FERNANDES
FOTOS: CLEITON IZIDORIO

As opiniões postadas nos comentários não representam a opinião do site. Comentários ofensivos poderão ser excluídos ou moderados.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here